Correção do FGTS! O que é? Qual a documentação necessária? Quem pode pedir?

Tempo de leitura: 3 minutos

Correção do FGTS! O que é? Qual a documentação necessária? Quem pode pedir? E como os advogados devem proceder? A revisão do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) é assunto novo no país e, sendo assim, é natural que existam muitas dúvidas sobre o assunto. Como a ação envolve um universo de muitas pessoas, o SEAAC resolveu resumir as principais dúvidas sobre esse direito que pode trazer grande vantagem financeira ao trabalhador. Confira:

O que é a revisão de 88,3% do FGTS?

Durante o período de 1999 a 2013, foi identificado que a correção monetária aplicada ao FGTS estava muito baixa. Os índices da TR (Taxa Referencial, índice adotado para corrigir o FGTS) estavam irrisórios, em valores inferiores ao índice da inflação (a exemplo do INPC, “termômetro” que é usado para corrigir salários dos trabalhadores). Perdas significativas foram identificadas, por exemplo, nos anos de 2009 e 2010, quando vários meses vinham com a TR em 0,00%. Ao invés de usar a TR para fazer a correção monetária do FGTS, a revisão judicial pede que seja adotado outro índice: o INPC ou o IPCA.

O que é a Taxa Referencial (TR)?

A Taxa Referencial (TR), foi criada pelo Plano Collor 2 (Lei 8.177/91), é um índice econômico ou uma referência usada para fazer a correção do FGTS, mas também serve para atualizar a poupança e os financiamentos habitacionais da Caixa Econômica Federal. A taxa é calculada pelo Banco Central, por meio do cálculo dos juros médios pagos pelos CDB’s (Certificados de Depósito Bancário) e RDB’s (Recibos de Depósito Bancário) usando como referência os 30 maiores bancos do país. A TR passou a corrigir o FGTS a partir de 1991, mas depois de 1999 iniciaram as maiores perdas.

Qual a documentação necessária para dar entrada na ação?

Extrato analítico do FGTS durante o período de 1999 a 2013, cálculo dos valores a serem recebidos, comprovante de residência atualizado e CPF/RG e CTPS (carteira de trabalho e previdência social).

Quem se enquadra nessa revisão?

Tem direito todo brasileiro (ou trabalhador estrangeiro que tenha depósito de FGTS) que trabalhou sob o regime da CLT (trabalhadores urbanos, rurais, temporários, avulsos, safristas
‘e atletas profissionais) e tenha tido algum saldo de FGTS de 1999 a 2013, esteja ou não aposentado, tenha sacado ou não o valor.

[Dica] Como Criar Um Negócio Online!

>

A reclamação é feita contra o patrão?

Não. A ação é proposta contra a Caixa Econômica Federal, gestora do FGTS, em processo ajuizado na Justiça Federal.
Material Jurídico Para Ação de Correção do FGTS
O material visa munir advogados e escritórios de advocacia com um conjunto de ferramentas para o ajuizamento da ação de correção do FGTS, proporcionando assim, agilidade e eficiência no atendimento, além de fazer com que o profissional e a empresa poupe tempo e dinheiro.

Para você solicitar e completar o artigo Correção do FGTS! O que é? Qual a documentação necessária? Quem pode pedir? E como os advogados devem proceder? Sugiro aquisição do Curso completo Nova Correção FGTS.

No material você terá acesso à:

  • Planilha de cálculo
  • Vídeo Aula explicativa
  • Modelo de petição inicial
  • Modelo de réplica à contestação
  • Modelo de recursos: extraordinário, especial, inominado e apelação
  • Modelo de embargo de declaração
  • Cópia de diversas ações judiciais favoráveis
  • Modelo de procuração e contratos de honorários
  • Modelo de agravo em recurso extraordinário
  • E muito mais…
  1. Para mais informações, acesse: www.novacorrecaofgts.com.br

O que achou do Artigo Correção do FGTS! O que é? Qual a documentação necessária? Quem pode pedir? E como os advogados devem proceder? Compartilhe Com sues amigos.

*Fonte:

http://correcaofgts.jusbrasil.com.br/artigos/380627433/correcao-do-fgts-o-que-e-qual-a-documentacao-necessaria-quem-pode-pedir-e-como-os-advogados-devem-proceder